quinta-feira, 5 de abril de 2012

Drama nacional. Foi encontrado um político desempregado !

Esta seria a noticia que por enquanto não iremos ver, pois este é o País desenhado para albergar gente sem vergonha nem princípios.
Enquanto galopamos para um desemprego histórico e grande numero de famílias já passam fome, continuamos a assistir à total ausência de responsabilidades e competências para se ultrapassar a situação crítica em que nos encontramos e aquilo a que assistimos é à continuada giratória dos mais diversos agentes políticos a quem nunca faltam colocações, ou seja empregos.
Para suportar esta escumalha, o País endivida-se, a economia afunda-se e vamos assistindo ao encerramento de empresas e actividades comerciais, comprometendo-se assim e mais uma vez a hipótese de sairmos do ciclo recessivo em que nos encontramos.
Entretanto continuamos a assistir a lamentáveis espetáculos na A.R.
Todos os partidos acabaram por se congratular com a marcha folclórica do passado fim de semana.
É verdade. TODOS.
Os elogios foram desde manifestação pacifica, mostra etnográfica, fregueses satisfeitos com o que têm, sentido da responsabilidade, exemplo de civismo, etc.
Melhor que isto era impossível. A classe politica estava impante !
A "chatice" foi quando um deputado não se conteve e disse que teria gostado mais se a manifestação tivesse sido espontânea e não subsidiada, ou seja, orquestrada pelos responsáveis politico das diversas freguesias.
Dizia ele que isso acaba por custar dinheiro aos contribuintes ! Ou seja, tudo aquilo apenas serviu mais uma vez a classe politica e os interesses instalados.
Aquela gente sendo do povo, não era o nosso povo. Eram "marionetas" ao serviço da "etnografia politica". É evidente que não perceberam isso e lá continuamos a dar razão a quem nos considera como uma simples manada que nada mais faz que seguir a voz do dono.
Não. Não é este povo que nos fará emergir o sentimento e o orgulho em dizermos que fazemos parte de uma Nação quase milenar. 
É por estas e por outras que este País continua a ser o pardieiro da Europa.
A vergonha não incomoda esta escumalha. 
A grande vantagem que poderemos ter é que talvez baste mudar a voz de comando e aguardarmos para ver se o rebanho a virá a reconhecer.
É urgente um levantamento nacional ! Custe o que custar.

6 comentários:

Diogo disse...

Quanto mais depressa melhor!

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=_2Nknz0Bd1I&feature=youtu.be

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=oAXLzUi-_Eo&feature=youtu.be

Anónimo disse...

http://youtu.be/PBelkgR8VZc

Anónimo disse...

Impressionante que não haja crítica pública aos responsáveis pela penúria.
A máquina desinformativa propagandística xuxa continua a trabalhar,empurrando as responsabilidades para o novo governo,para a Troika,para os alemães,o Yeti,etc.

Os responsáveis políticos,pese o papel corruptor do aglomerado Banca/Corporações,têm que ser severamente punidos.
Esta história de passar todas as responsabilidades para bilderberg's e fantochadas semelhantes,apenas se destina a desresponsabilizar os culpados.Os que usaram o poder que lhes foi conferido e dele abusaram em proveito próprio e dos confrades.

Diogo disse...

«É urgente um levantamento nacional! Custe o que custar.»


Isso é verdade, mas que não seja contra militares ou polícias de choque.

Nem manifestações, cartazes, palavras de ordem e cantigas.

Pequenos grupos devem procurar os «políticos», «banqueiros» e «comentadores mediáticos» e justiçá-los. Sem barulho e sem dar nas vistas.

A Democracia Direta chegará aos bochechos.

Em nome de 99.99% de todo o povo português!