terça-feira, 9 de março de 2010

Balanço

Um ano de actividade exige um olhar sobre o trabalho realizado. O projecto inicial era simples, ambicioso e muito nobre. Simplesmente contribuir para um País melhor, sem pedir nada em troca. Uma questão de princípios e consciência. Para isso, travámos um combate determinado à gente corrupta que ocupa os Órgãos de Soberania.

Esse espólio está bem documentado no Site Oficial desta Associação ( http://www.forcemergente.pt/ ).

Tudo começou quando em finais de 2008, nos vimos obrigados a reflectir sobre o País que íamos vendo emergir, a par da falta de reacção que se sentia na generalidade do espectro político. As constantes denúncias que alguma comunicação social ia fazendo, não tinham reflexo contestatário vísivel. O que víamos então, tal como agora, é um partido como o PS apoiar e dar cobertura a uma estratégia ignóbil dos seus principais responsáveis na tentativa de controlo da comunicação social e do País.

Decidimos avançar. Sabíamos que não tínhamos expressão pública. Tínhamos no entanto os conhecimentos e a experiência de uma vida através do Mundo, ligados como alguns de nós estivemos a projectos de dimensão internacional. Sabíamos que alguma coisa conseguiríamos fazer em prol da dignidade perdida. Essa era a situação que já se vivia e a partir da qual fomos tentando uma aproximação a alguns movimentos e partidos para se congregar uma frente de combate alargada. Não queríamos ter protagonismo, mas fomos por vezes obrigados a isso.

Depressa chegámos à conclusão que para lá de sermos um Povo de gente inerte, também as elites contestatárias sofrem do mesmo mal. O seu verdadeiro campo de batalha é uma cadeira virada para a NET, onde por vezes expressam excelentes análises críticas que nos satisfazem o ego mas que não têm consequências práticas. O País vai-se lentamente afundando, o leque de gente corrupta vai-se alargando e não vemos quaisquer sinais de reacção efectiva a este Sistema Político, nem aos agentes da indignidade judicial que ocupam as posições mais destacadas da hierarquia.

O despudor dos defensores oficiosos deste Regime, como Marinho Pinto ou Pinto Monteiro, é verdadeiramente revoltante. No entanto os contestatários continuam sentados. A fazer excelentes críticas e assim irão "morrer". Só que desta vez não será de pé. O País precisa de homens de acção. Um ano depois, sentimos que será necessário dinamizar as formas de luta.

À Força inicial em que se destacaram alguns nomes, veio agora juntar-se José Maria Martins.

Este reforço é importante, pois não vemos ninguém que de forma mais desprendida venha mantendo um combate e uma denúncia tão veemente sobre este clã de gente corrupta que se instalou na sociedade Portuguesa.

Continuaremos assim a ser uma Associação de pessoas em que as ideias ou ideologias pessoais não colidem com o objectivo essencial: tentar contribuir para um País mais justo em que gente séria ocupe os lugares da governação.

10 comentários:

a MÁFIA portuguesa disse...

Parabéns FORÇA EMERGENTE pelo vosso papel na defesa dos mais elementares direitos dos cidadãos portugueses, completamente adormecidos em novelas, futebol e afogados em endividamento - incentivado inclusivamente pelo Primeiro-ministro que diz que os portugueses têm medo de investir (talvez por estarem já de tanga).

É uma vergonha termos de assistir ao triste espectáculo mediático que se tem dado a conhecer aos portugueses nos últimos tempos.

Portugal tornou-se num rectângulo onde não se joga futebol; joga-se a vida de milhões de portugueses, com escandalosas mentiras de Pinóquio e corrupção digna de constar nos cadernos de história da Sicília...

E parabéns pela "nova aquisição" para a equipa - o Dr. José Maria Martins que, estamos certos, marcará muitos golos neste campeonato contra A CORRUPÇÃO POLÍTICA.

JotaB disse...

Parabéns à Força Emergente pelo seu 1º ano de vida e de intervenção activa e acertiva no panorama das ideias, necessárias e indispensáveis à mudança que todos desejamos.
Descobri a Força Emergente já ela tinha alguns meses de vida e, desde essa data, tenho encontrado aí um abrigo para as minhas ideias/opiniões, procurando estar presente nos momentos de afirmação.
As mais diversas limitações (culturais, económicas, físicas, etc.), impedem-me de dar uma colaboração mais eficaz e mais consentânea com os objectivos prosseguidos pela Força Emergente.
Reitero os meus parabéns e votos de que consigam contribuir para a mudança que todos almejamos.

PS- Saúdo a "contratação" do Dr José Maria Martins. A "equipa" passa a contar com um reforço de qualidade indiscutível.

Um abraço fraterno para todos.

Força Emergente disse...

Caros amigos da Máfia e JotaB
A vossa colaboração e disponibilidade, tem permitido e incentivado muitas das iniciativas que temos protagonizado.
Sabemos que vamos continuar a ter o vosso apoio e colaboração.
Obrigado

Mrzepovinho disse...

Parabéns pelo 1º Aniversário!

Apesar do nobre sentido demonstrado por esta Associação, é lamentável ver como tão poucos portugueses estão disponíveis para lutar contra o estado de sítio em que se encontra este lugarzinho mal frequentado...

Há muita gente a dormir... e os poucos que escrevem e dão a sua opinião em Blogs, quando chega a hora de aparecer e dar a cara, acobardam-se e deixam-se ficar atrás do teclado!

E ai daquele que tente acordar o povo adormecido... pois será logo catalogado como lunático ou fanático das conspirações!

Li hoje um comentário do Lula da Silva no correio da manhã: o presidente do Brasil acredita que no caso de uma incursão militar ao Irão, poderemos entrar num conflito militar de larga escala!

Este pensamento vem na linha do que muita gente tem vindo a dizer por esse mundo fora... mas por aqui ninguém quer saber...

Deixemo-nos, pois, ficar mais uma vez adormecidos ao som da bola e de uma esplanada com uma mesa cheia de minis vazias... a ver a paisagem passar... a mandar uns piropos... a vida é bela e amarela!

JotaB disse...

http://www.smmp.pt/?p=7547

Li esta notícia no Sol de 6ª feira.
Temos o dever de fazer alguma coisa, para que os deputados apresentem e votem leis eleitorais que permitam a eleição dos mais capazes e a sua eventual destituição.
Repare-se na afirmação de que "está tudo em aberto", excepto a criação de círculos uninominais.
Essa possível alteração, cheira-me a algo de ainda mais gravoso para os Portugueses. Depois dos sustos que têm tido, prevejo que os políticos aproveitem para "cozinhar" leis que os tornarão inamovíveis e inimputáveis.
Porque não avançar com um movimento a exigir um REFERENDO sobre essa matéria, com perguntas muito claras e de resposta directa?!

Se nada fizermos, teremos que continuar a aguentar e a sustentar trastes como estes:

http://www.youtube.com/watch?v=p3hkHhCJWsE

JotaB disse...

As negociatas entre o sr jaquim e o (des)governo, à custa do erário público, estão cada vez mais difíceis, pelo que depreendemos desta notícia:

http://www.ionline.pt/conteudo/50366-oliveira-exige-um-milhao-ao-estado-pela-divulgacao-das-escutas

JotaB disse...

Mas a Suécia é um país pobre, de gente inculta, sem perspectivas de futuro.
Nós pertencemos a um país rico, de cultura superior e com um futuro risonho:

http://www.youtube.com/watch?v=ZxruR3Q-c7E

macaco do 1ºD disse...

Estimado,
É um prazer contactá-lo e em primeiro lugar elogiar pelo bom blog que expõe a todos nós, leitores.
Envio este coment para anunciar a abertura de um novo blog, o "Macaquinhos no Sótão". http://osmacacosdosotao.blogspot.com/
Um blog pensado há muito, mas que só agora decidi abrir.
Gostaria muito de contar com a sua ajuda na promoção deste blog, colocando o link se possivel.
Como é claro, retribuirei sem piscar os olhos em colocar o seu link na minha página!
Espero uma resposta sua.

Força Emergente disse...

Caro amigo do "macaquinhos do sotão"

Obrigado pelas suas referências.
Concerteza que já está inserido.
As maiores felicidades

Força Emergente disse...

Amigo Ricardo

Obrigado.
Contamos consigo.