segunda-feira, 18 de maio de 2009

O despertar das consciências

O dia está marcado?
Os sentimentos incontidos de grande parte da população começam a fazer-se sentir. Todos conhecemos a coragem e a determinação do advogado José Maria Martins. Hoje tomámos conhecimento de um agendamento prévio para uma manifestação de repúdio pela situação em que se encontra o País. O acumular de tensões exige a assumpção de responsabilidades por parte de todos os que sentem capacidade para alguma coisa poderem fazer.
Talvez seja altura de começarmos a demonstrar ao poder político que representamos a grande maioria do Povo Português.
A nossa manifestação terá de ser entendida como um claro aviso aqueles que tomaram conta do País. Ao iniciarmos a batalha final pela reposição da dignidade do Estado iremos expondo as nossas propostas para a reformulação do sistema Politico. Todos não seremos demais para debatermos ideias e ponderar soluções. Sejam elas quais forem, serão sempre certamente melhores do que qualquer uma que saia do actual quadro partidário. Esta será a primeira grande mensagem a passar ao Povo Português. Será a nossa garantia de termos soluções capazes de conduzir o País a novos patamares de Desenvolvimento e Justiça.
Entretanto e como herança da incapacidade política de 30 anos de governação, temos um Povo subdesenvolvido e na cauda da Europa.
Uma Nação sem Rumo ou Estratégia de Desenvolvimento.
Um País com leis a mais e Justiça a menos, que se enfeudou aos lobbys da advocacia que teceram as malhas jurídicas que sustentam os grandes grupos e prendem as teias de interesses que nada trazem á sociedade e apenas fomentaram um País desequilibrado, com gente incompetente e por vezes desonesta nos lugares chave da Estrutura Governativa. Sobejam 30 anos de incompetência, corrupção, desvarios orçamentais, gestão danosa, apropriação indevida do erário publico, fomento do compadrio politico e económico, quebra da solidariedade social, falha sistemática da justiça com graves manipulações do Sistema através de nomeações de fidelidade politica, falha no dever de respeito pelo serviço publico, exercício ilegítimo do poder politico por promessas e obrigações não cumpridas, marginalização total de populações que ficaram arredadas do progresso e do conhecimento, em suma um País em estado miserável, com história mas de futuro incerto, pois o endividamento externo já representa 70% do produto nacional e a breve prazo estaremos na banca rota. Este é o legado de uma geração de políticos que traíram a Pátria e que não poderemos permitir que continuem a delapidar o País. Eles não tiveram nem têm soluções que nos permitam antever um futuro melhor.
Para retirar o País do estado de miséria e subdesenvolvimento em que se encontra é necessário gente séria, politicas activas e inovadoras que mobilizem as populações e incentivem o investimento, sejam justificadas socialmente, que se adaptem ao tecido empresarial de base e se desenvolvam de acordo com novos conceitos de empresa em que o capital e o trabalho se interliguem num sistema de responsabilização mutua, tudo isto enquadrado num sistema simplificado de Justiça que sirva uma Orgânica do Estado que responda e se responsabilize directamente perante os cidadãos.
E nós seremos capazes de assumir estas tarefas? Concerteza que podemos. Há muita gente disponível e com excelentes capacidades.
É tão mau o legado que temos pela frente, que qualquer gestor com ou sem formação politica, desde que seja sério fará sempre melhor.
O grande risco, é deixarmos que esta gente possa continuar á frente dos destinos do País.
Por isso é necessário começar a expô-lo em publico. Só há que confirmar a data.

15 comentários:

amafiaportuguesa disse...

APOIADO incondicionalmente, e parece-nos excelente a iniciativa da comunicação via sms para a manifestação da Democracia Directa.

ESTAREMOS LÁ EM PESO, e levaremos conosco o maior número de pessoas...!!!

Por uma NOVA REPÚBLICA, pela DEMOCRACIA DIRECTA!!!... FORA COM OS POLÍTICOS CORRUPTOS que pretendem instaurar uma ditaduracontra o povo português...!!!

a MÁFIA portuguesa disse...

Em Portugal existem dezenas de Institutos do Governo e Observatórios (como o ridículo Obseratório do Endividamento) que não servam para nada a não ser para empregar "boys" and "girls" do PS e do PSD, os dois partidos com mais influência (por enquano) na sociedade portuguesa. Estes "instrumentos" de fiscalização estão completamente politizados e por esse motivo não fiscalizam os actos de corrupção dos partidos e dos governos. Limitam-se a existir e a sorver milhões de euros de fundos, subsídios e até empréstimos aos bancos, aumentando brutalmente o endividamento do Estado sem qualquer efeito real positivo na sociedade portuguesa.

No Reino Unido e noutros países desenvolvidos da Europa esses insrumentos de Estado funcionam e por isso a corrupção (pelo menos a grossa) acaba por ser denunciada...

Mas Portugal das Máfias, onde Dias Ferreira do Sporting é agredido e ameaçado de morte para não avançar com uma candidatura ao clube, onde a aluna que filmou a professora a falar de forma desapropriada em orgias e sexo vai ser punida (e não a professora), no país onde um estranho apagão informático faz desaparecer dados fundamentais nos serviços dos Centros de Emprego (curiosamente depois de ter sido anunciado na RTP o meio milhão de desempregados inscritos na Seg. Social), no Portugal onde pessoas quase sem rendimentos que vivem em aldeias perdidas no meio das serras recebem cartas das Finanças para pagarem coimas de 150 e 250 € por não terem apresentado declarações de IRS como reformados...

Os romanos da antiguidade, ao pé destes ladrões e corruptos do PS eram uns meninos...

amafiaportuguesa disse...

Que o PS anda a mando dos Illuminati e dos Bilderberg internacionais, já o sabemos. Que José Sócrates se dobra todo frente às decisões cegas estratégico-militares do G20 também o sabemos. O que não sabemos ainda é o que está secretamente a ser decidido nos bastidores da política internacional, por esta corja de ditos "iluminados" que estão a tomar o mundo com as suas políticas neo-direitistas, num momento histórico em que a humanidade deveria evoluir para políticas sociais acima de quaisquer outras. Veja-se por exemplo, o Tratado de Lisboa:

serviu, basicamente, para os políticos da esfera internacional decidirem secretamente nos corredores, nas pausas para café, nos almoços e jantares entre eles, quais as medidas a tomar para efectivarem a UNIÃO AFRICANA. Essa é a nova galinha dos ovos de ouro destes ladrões de gravata, desta corja de bandidos "iluminados" que fingem que andam a tomar decisões para o mundo.

Obama foi eleito por ser negro, já toda a gente o sabe, e por ser muçulmano. Esse é um dos principais objectivos dos EUA: ganhar África (perdida para os chineses e para os Russos) e desenvolvê-la de forma a poder ser explorada como nos anos 50 e 60 o foi pelos países que defendiam ditaduras (veladas ou não) de direita.

Depois do Tratado de Lisboa e do famoso encontro dos Bilderberg antes do mesmo, a UNIÃO AFRICANA apareceu do nada e logo começaram os galifões a fazerem-se ao poder político e económico (claramente apoiados militar e economicamente, como contrapartida...): Nino Vieira foi limpo, José Eduardo dos Santos criou o BANCO LUSO-ANGOLANO pela mão de outro "ilumnado", o Dr. Cavaco Silva.

A ponte de Gibraltar que ligará África ao sul da Europa estará concluída em 2020 e estas MÁFIAS querem já preparar o terreno para "limparem" mais um continente. Os espanhóis, por exemplo, estão a comprar terrenos em Marrocos e outras cidades costeiras, a desenvolverem comércio e ind´+ustria aí, com acordos mais ou menos secretos com o Rei de Marrocos. É que Zapatero, outro "iluminado" bilderberg, obedece a ordens superiores, "divinas"...

Entretanto, estes "deuses" vão criando centenas de "pequenos" conflitos armados em todo o mundo, nos quais, todos somados, ceifam milhares de vidas todos os anos e criam milhões de deslocados, que perdem tudo o que miseravelmente possuíam, para gaudio e regozijo "divino" destes defensores da tradição de Ares (ou Marte) o Deus da Guerra, ou o deus egípcio ÁTON, da mesma raíz luciferina. Os Media, mostram êxitos da guerra, mas raramente entrevistam pessoas que perderam tudo, mas que a força da vida, obriga a continuarem. A cada ano que passa estes senhores da guerra, que mandam no mundo destroem cada vez mais as hipóteses de o mundo se estruturar social e economicamente. Esse é o seu primordial objectivo: LANÇAR O CAOS e espalhar as máfias que escravizarão a população mundial durante mil anos, os mesmos mil anos anunciados por Hitler, quando defendia o Império dos Mil Anos do III Reich. Parece uma história inacreditável, não é..? Mas na sombra, todas as sociedades secretas e grupos que se reúnem contra os Estados de Direito, sabem que este primeiro round está a ser ganho por eles...

E nós, vamos deixar...???

amafiaportuguesa disse...

Num post do blog do Dr. José Maria Martins alguém falou do último enconro dos Bilderberg na Grécia onde Manuela Ferreira Leite e Manuel António Gomes de Almeida de Pinho (Ministro da Economia e Inovaão, ex-presidente do BES) teriam sido apresentados ao Conselho Bilderberg, pela mão do seu alto representante em Portugal, o Dr. Pinto Balsemão:

este foi o responsável por o VIII Governo Constitucional (o qual presidia) cair, e logo de seguida veio o IX, aliança governativa do PS e PSD. Que negócio foi este na altura, que o tornou "magicamente" o n.º 1 do PSD e que permitiu ao PS chefiar o IX Governo...??? Pinto Balsemão vive actualmente na casa dos Espírito Santo, na Guia, dessa família tão falada durante o Estado Novo... E não é só isso: agora é o intermediário, o mestre de cerimónias alto representante dos Bilderberg em Portugal...!!! Um homem que deixou cair um Governo, é dono de uma poderosa cadeia de televisão com contactos em todo o mundo e ainda por cima é simbolicamente o n.º 1 de um dos artido políticos com mais poder... Como é isto possível... Afinal, quem é realmente Francisco Balsemão??? Alto representante da Opus Dei, da Maçonaria, dos Bilderberg, da secreta Ordem dos Templários de Sintra... Tanto poder num homem só...!!!

Estes exemplos falam por si, sobre o poder que se instalou em Portugal a partir, justamente do IX Governo, em que se deu uma aliança secreta de interesses éconómicos, cujo degradante culminar está agora à vista de todos: o fim do 25 de Abril, o fim da democracia do povo; o início da NOVA ORDEM MUNDIAL, da extrema-direita unida, agora camuflada de democracia...!!!

Força Emergente disse...

Caro Pedro

A sua contribuição para a Força Emergente, o Dr.José Maria Martins ( grande lutador e homem de fibra ) e para a Democracia Directa, constituem uma mais valia e um apoio que nos obriga a cada vez mais lutarmos por uma solução para este País. Com mais pessoas como o Pedro rápidamente começariamos a dar a volta a isto.
Parabens á Mafia Portuguesa que mantem um dos mais concistentes e sérios Blogues, de consulta obrigatória.
Um abraço e Obrigado

Força Emergente disse...

Caro Pedro
A valia dos seus comentários são um contributo que valoriza sobremaneira os nossos Posts. Sabemos que embora da Máfia não é nenhum "iluminado", mas esta fluência informativa só está ao alcance de quem é muito esclarecido e esclarecedor.
Teremos muito prazer em travar conhecimento pessoal assim que for oportuno.

a MÁFIA portuguesa disse...

Obrigado pelo incentivo, que é mútuo, como aliás sabe o meu amigo.
________________________________________________

É curioso ver o brio com que muitas pessoas que ainda trabalham no nosso país, ficam contentes por poderem afirmar: "Trabalho numa empresa do Grupo Mello, do Grupo Espírito Santo ou do Grupo Pestana". Defendem o seu emprego com unhas e dentes como forma de uma estranha "filiação" nestes grupos privados, que lhes "garantem" emprego misteriosamente. Mas afinal quem são estas pessoas...? Muitas conheceram estes grupos pela via dos partidos políticos, por contactos com a banca ou simplesmente através de amigos. A forma tradicional de conseguir empregos por resposta a anúncios está muito abaixo dos seus poderosos contactos, pois muitos deles conseguem empregos nestes "Grupos" por simples telefonemas ou entrevistas pré-marcadas e pré-decididas. É assim que se consegue emprego em Portugal, e não faltará muito para que seja a única forma de o conseguir: através de "GRUPOS".

Os Centros de Emprego funcionam já como simples "arquivos" estatísticos, recentemente afectados por um estranho APAGÃO, depois de anunciada na RTP a inscrição de meio milhão de desempregados nos seus centros. Assim está claro: emprego já não depende da sociedade democrática ou do Estado ou ainda das empresas livres. Essas foram desmanteladas por apertadas leis que apenas favorecem os tais "GRUPOS", os grande gigantes económicos, que calmamente se alimentaram nos últimos 20 anos de fartos subsídios da Banca, do Estado e da Europa em negócios "totalmente transparentes" aos olhos da democracia, mas que na sombra, não são mais do que estratégias totalitárias para mais facilmente ser manipulada a nova sociedade de escravos, os novos empregados...dos GRUPOS...

a MÁFIA portuguesa disse...

Disponibilizo-me a partir da próxima semana para me encontrar com a FORÇA EMERGENTE e com quem achar por bem (por exemplo com a DD), como forma de poder participar de forma mais activa nas acções que se prevêm para derrotar a corrupção.

Todas as informações publicadas no blogue A MÁFIA PORTUGUESA, são verdadeiras e a maioria delas fundamentadas na experiência de muitos ortugueses que têm sofrido na sua própria pele perseguições de todo o tipo ou que simplesmente sentem que algo está muito errado mas que não conseguem perceber exactamente o quê..., por falta de informação privilegiada ou entrecruzada.

Nesse sentido, resolvemos compilar informação recolhida desde 1994, ano em que Lisboa foi Capital da Cultura, e a partir do qual se começaram a assistir a preocupantes sinais de corrupção organizada, a nível político, empresarial e económico. Procuramos a verdade da "coisa", com uma estratégia de análise fria, racional e com objectivos de análise pró-militares e estratégicos. Só assim poderemos, TODOS JUNTOS, derrotar este NOVO PODER, a NOVA ORDEM, o NOVO III REICH, cujo ano zero começou algures durante a II Guerra Mundial. Os NAZIS, não morreram; estavam simplesmente a organizar-se na sombra, e agora apareceram ao público de forma esmagadora, pois essa é a estratégia que sempre conheceram e que pretendem utilizar para instaurar o seu poder à força, pela força e para a força...

Força Emergente disse...

Caro Pedro
Obrigado pela sua disponibilidade. Quero desde já dizer-lhe que seja com quem for, será uma colaboração de grande valia. Tambem já sabe do nosso apreço pelo JMM e pela DD.
De facto ficará sempre junto de pessoas sérias e que querem fazer alguma coisa de positivo para o futuro do País. A nossa posição enquanto Associação é exactamente essa. Colaborarmos para se conseguir dar ínicio á conjugação de esforços de quem partilha dos nossos sentimentos e objectivos.
E aí o Pedro já demonstrou que está na linha da frente.
Não sei se temos o seu contacto. Se puder envie para o nosso mail.
Um abraço

Movimento Mérito e Sociedade - Vila Real disse...

Faço desde logo a minha declaração de interesses, pertenço ao MMS-Movimento Mérito e Sociedade que se quer constituir como alternativa de Governo e nascemos das mesmas preocupações que aqui são vertidas. O nosso site, aliás, chama-se mudarportugal.pt

Julgo que nos podemos incluir no grupo de pressão para uma política mais ética, mais transparente, com mais rigor e mérito.

Força Emergente disse...

Caro amigo do MMS
Obrigado pela sua disposiçao. Como sabe tenho grande consideração pelos dirigentes do MMS que têm feito um trabalho notável.
Como sabe, mesmo com os nossos votos, O MMS e todos os outros pequenos partidos têm que travar uma batalha tão desigual, que sem acontecimentos extraordinários, nunca terão possibilidade de concorrer com os partidos instalados. Repare que eles têm diariamente intervenções nos Orgãos de Comunicação quase durante todo o dia. Todos os pequenos partidos não recebem qualquer apoio significativo e veem-se obrigados a um esforço financeiro e humano de grande monta, para obterem alguma visibilidade. É por isso que todos nós ( os pequenos )teremos obrigatóriamente de conjugar forças para podermos ganhar posições. A médio prazo e assim que começarem a soar os toques a rebate, será altura de concentrarmos esforços para se poder modificar o Sistema Politico e definir um novo Rumo para o País. Para isso a Força Emergente poderá ser importante. Depois o terreno deverá ser trilhado pelo MMS e outros que se adaptem ás novas Regras Democráticas que venham a ser definidas. Contamos consigo assim como podem contar connosco. A luta é comum.

roldao disse...

Acredite se quiser
00h30m
Notícias surpreendentes lá de fora: o primeiro-ministro belga, Yves Leterme, propôs hoje (19/12/08) a demissão de todo o Governo, na sequência de acusações de alegadas (alegadas, imagine-se!) pressões sobre a justiça. Leterme nega qualquer pressão sobre o poder judiciário e apenas admite ter feito "contactos"; Michael Martin, presidente da Câmara dos Comuns, anunciou hoje (19/05/09) a demissão, após acusações de alegadamente (alegadamente, pasme-se) ter consentido alegados (só alegados) abusos nas despesas de representação de alguns deputados; dois membros da Câmara dos Lordes foram hoje (20/05/09) suspensos (suspensos, a democracia inglesa está maluca!) por alegadamente (outra vez só alegadamente) terem aceitado dinheiro para votar projectos de lei.

Nenhum deles foi, pasme-se de novo, condenado por sentença transitada em julgado, e mesmo assim, pasme-se ainda mais, tiraram consequências políticas de alegações fundamentadas que os visavam. Então e aquela coisa da "presunção de inocência"? As democracias belga e inglesa têm que comer muita papa Maizena para chegarem aos calcanhares da nossa...

http://jn.sapo.pt/Opiniao/default.aspx?opiniao=Manuel%20Ant%F3nio%20Pina

Força Emergente disse...

Amigo Roldão
As suas análises e informações vêm completar tudo aquilo que se vai passando e de facto demonstram a miséria de País em que estamos a viver. O seu sentimento em relação a estes políticos e este Sistema, provávelmente é identico ao nosso. Temos que começar o agrupamento de pessoas para se conseguir um "Grupo de Combate" mais forte e que possa começar a questionar esta gente, demonstrando-lhes que fomos alimentados a "farinha Amparo".
Entretanto agradecia-lhe (se por acaso não o fez), que insira este comentário (ou estas informações) no Blogue do dr.José Maria Martins. Como é evidente não sei a opinião que tem dele, mas posso assegurar-lhe que é das pessoas mais honestas e batalhadoras pelos direitos da população, que eu já conheci. E se começamos a incomodar o Regime é porque os estamos a fustigar com processos de diversa natureza, como ontem foi noticiado no Jornal da Noite da TVI. Temos já uma próxima batalha a travar. Envie-nos o seu mail, que teremos todo o prazer em lhe enviar informação.

roldao disse...

o meu e mail já faz parte dos vossos arquivos.

a MÁFIA portuguesa disse...

Parece que muitas pessoas se estão finalmente a convencer que a ditadura da NOVA ORDEM está a ser violentamente implementada em Portugal pela mão do Governo Socialista. Depois da filosofia de coimas das Finanças, que afecta fortemente a classe média e média baixa, da perseguição a professores e forças da ordem (PSP e GNR), do despedimento em massa de funcionários públicos que não pertencem às fileiras do partido, agora chega a fase do TOTAL CONTROLO, do BIG BROTHER a nível nacional através da VIDEOVIGILÂNCIA omnipresente em toda a sociedade. Primeiro nos bancos e em empresas privadas, depois em discotecas e locais de diversão nocturna, zonas urbanas de risco, nos hospitais (para controlo dos médicos) e finalmente agora, nas escolas. Os veículos estarão obrigados ao uso de chips, contrariando a proposta discutida em Assembleia da República juntamente com os outros partidos, que controlará os pagamentos de portagens, a inspecção do veículo e seguro automóvel, com acesso directo à conta bancária pelo Estado (Decreto-Lei n.º 112 de 2009).

Para além do facto de haver algumas empresas que estão a lucrar de forma inequívoca com estas leis apressadas do Governo (pelo fornecimento massivo destes equipamentos), que demonstra querer CONTROLAR TODOS OS SECTORES DA VIDA PÚBLICA E PRIVADA e instaurar uma POLÍTICA DO MEDO, pelo controlo total e pelas coimas. Pretendem subjugar a classe média a não ter opinião, já que a classe pobre não tem voz e os mais ricos defendem este sistema feudal montado, mundialmente pela NOVA ORDEM dos Illuminati (em Portugal, com o nome MAÇONARIA). Constitui uma das metas fundamentais dos ILLUMINATI (e isso pode ser confirmado na WEB em qualquer site que fale, por exemplo, na Juventude Illuminati e seus objectivos) a criação de uma polícia política mundial que exerça um forte controlo de toda a população, defendendo acima de tudo os interesses das corporações (ou seja, das empresas privadas, em especial, dos grandes grupos económicos e financeiros).