sábado, 6 de junho de 2009

Não votar em branco

É uma vergonha
Há cerca de duas semanas, de repente, começámos a ser invadidos por mails a apelar ao voto em branco. Era uma situação estranha, pela dimensão e acutilância da mesma. Tirando partido de alguma falta de informação, justificavam ser a melhor forma para contestar o governo e a situação a que chegou o País.
Confirmando as intenções ocultas, por quem certamente pensava poder tirar partido dessa possibilidade, levaram a que a CNE fizesse um comunicado sobre a inutilidade dessa opção.
O voto em branco só poderá servir a quem controle as Assembleias de voto. E isso está confirmado que interessava a alguém. A comunicação social já vem relatando o que se passa relativamente a esse aspecto.
Será que alguém tem dúvidas sobre os autores desta tramóia?
Enquanto Associação, continuamos a defender o Voto de repúdio por este governo e esta política. Esse voto deverá ser expresso com uma cruz de alto a baixo no boletim. Será um voto nulo. Mas vai-nos permitir escrever no boletim o que sentimos em relação a quem de forma ignóbil ocupou o País e destruiu as nossas melhores esperanças.
Que ninguém tenha dúvidas. Em breve iremos ser capazes de construir um novo País em que gente séria e politicas adequadas possam responder ás aspirações profundas do Povo Português.

2 comentários:

a MÁFIA portuguesa disse...

"A Máfia portuguesa" considera o voto expresso contra o PS uma grande vitória contra o autoritarismo socrático e nacional-socialista.

A Europa é prejudicial a Portugal, disso já não temos dúvidas; já sentimos na pele agora e em breve, no futuro próximo. A Europa da NOVA ORDEM MUNDIAL económica e política é o maior erro da história deste continente. As diferenças devem ser mantidas entre nações pois fazem parte da sua história e tradição; amalgamar as diferenças resultará na destruição das sociedades a favor das máfias e dos que, com esta estratégia, esperam dividendos económicos para os seus "negócios" políticos...

A história é preferencialmente repetida pelas sociedades secretas que pretendem agora repetir o erro profundo do FASCISMO SOCIALISTA DE HITLER, cujo objectivo era igualmente amalgamar todas as culturas numa única: o NAZISMO do III Reich...

A escolha do nosso futuro próximo começa agora...

Força Emergente disse...

Á Máfia Portuguesa
Os Povos não podem perder os traços essenciais da sua génese, traduzida em diferentes culturas e formas de vida diversas. A nova Europa de que agora se fala e para a qual se apela ao voto, nada mais pretende que assegurar o controlo politico e económico das Nações integrantes. Com isso se vão restringido as liberdades e aumentando de forma desmesurada os poderes da classe política. Será o exponenciar de todas as formas de abuso e arbitrariedade que caracterizam os regimes ditatoriais. Não podemos permitir isto e temos de agrupar forças para impedir que o novo tratado Europeu venha a ser aprovado.
Queremos que os mais jovens se possam começar a aperceber do futuro que lhes está a ser "preparado". Nesse sentido vamos apoiar a constituição e o desenvolvimento de uma nova Força de intervenção cívica que designámos por JUVENTUDE EMERGENTE.
È muita a esperança que depositamos nesse novo Movimento, pois sabemos que a disponibilidade e o voluntarismo dos mais jovens, poderá ser o factor decisivo para se vencer esta batalha pela sobrevivência da diversidade cultural.
Obrigado ao Pedro pelo seu contributo e empenho.