sábado, 25 de abril de 2009

Charles Smith

Um homem de palavra, um aldrabão ou um cobarde
Afinal quem é este homem que poderá ter uma influência decisiva na evolução politica em Portugal ? O país está suspenso de um processo judicial que envolve o nome do 1º ministro e foi o senhor Smith quem alto e bom som o classificou como Corrupto.
Como sabemos, pelo conteúdo de uma gravação, este senhor explica de forma detalhada aquilo que se passou relativamente ao processo de licenciamento e á forma como conseguiram a aprovação ( legalização ) do mesmo. Afirmou que o 1º ministro é corrupto e que através de um primo lhe fizeram chegar os pagamentos acordados. Note-se que este senhor não sabia que a conversa estava a ser gravada.
Pelas noticias avançadas pelo DN e pelo Expresso, veio este senhor após ser confrontado com o teor da gravação e confirmado que era autentica, informar que aquilo fora uma história inventada e que nunca tinha feito pagamentos ou caluniado o senhor José Socrates.
Como é do conhecimento publico a Associação Força Emergente, pediu a constituição como assistente no processo Freeport o que foi aceite pelo juiz de instrução. Neste processo já estão constituidos outros 5 assistentes. No entanto o senhor Charles Smith parece não estar motivado para o nosso envolvimento, pois após ter ensaiado uma primeira tentativa de recusa que não colheu aceitação, interpôs de novo recurso ao qual já respondemos.
O senhor Charles Smith está metido num grande imbróglio, de onde só sairá a contento se assumir com realismo a verdade dos factos.
Para já assumiu que pode não ser um homem de palavra, pois disse uma coisa que posteriormente pretende desdizer. Ou mentiu na primeira ou na segunda. O Povo costuma chamar aldrabões a este tipo de gente.
Mas pode acontecer que seja uma pessoa de personalidade débil, um fraco digamos assim, que assustado com a gravidade das afirmações que fez esteja agora a tentar proteger-se de uma penalização judicial que o poderá inclusivè levar á prisão. Perante este cenário e a conselho certamente de quem o apoia judicialmente, resolveu limitar os estragos e assumir uma nova posição sobre os factos por si descritos. Ou seja poderá estar a tentar refugiar-se em situações penais menos gravosas, mesmo que para isso possa estar a fugir á verdade. Ou seja acobardar-se perante as realidades que agora terá de enfrentar. O que de qualquer forma nos parece é que este senhor não está a corresponder aquilo que disse na gravação, ou seja, "que não é estupido". Se calhar pensa, como alguns politicos, que somos nós é que nunca conseguimos perceber o encadeamento destas histórias que podem sempre variar á medida das necessidades.
O conceito de honra, dignidade, palavra, são hoje para muita gente sinónimos estranhos ao seu modo de vida. Infelizmente para o senhor Smith essa não é a forma de estar dos responsáveis desta Associação. Por isso fazemos-lhe os seguintes reparos:
1º Assuma a verdade dos factos e pense que poderá estar a interferir na vida deste País, pois embora sendo estrangeiro é aqui que vive e trabalha.
2º Os ventos da história poderão depender daquilo que for o seu contributo pelo envolvimento que está a ter neste processo.
3º A dignidade e a honra não têm preço. Aqueles que agora o pressionam ou aconselham, dentro de pouco tempo já não vão cá estar. Como é que o senhor depois conseguiria lidar com essa gente séria que irá levantar este País ?
Não se esqueça que os processos podem sempre ser reabertos.
Aposte em dormir tranquilo para o resto da sua vida. A mentira nunca prevaleceu em nenhuma sociedade.

2 comentários:

a MÁFIA portuguesa disse...

Parabéns à FORÇA EMERGENTE e ao MOVIMENTO DEMOCRACIA DIRECTA que contribuirão pela procura efectiva da verdade, já que os políticos não se interessam por manter a dignidade e sanidade sociais...

Força Emergente disse...

Á Máfia portuguesa

Obrigado pela atenção. Sabemos que na altura certa iremos contar com toda esta máfia que se agrupa junto da gente séria deste País.